Mente poética

"Ver teu corpo divido,

Pelas luzes definido

E por sombras ao redor"

24 de agosto de 2015

 

Ter-te melhor


Ah, como eu gostaria
Que esta noite fosse dia,
Só para ver-te melhor;
Ver os teus olhos castanhos,
Lindos, de grandes tamanhos,
Contornados de suor.


Mas também eu gostaria
Que esta noite fosse fria,
Só para ter-te melhor.
Conhecer-nos como estranhos
E depois tomarmos banhos
Melecados de suor.


Ah, como eu gostaria
Que esta noite fosse dia,
Só para ver-te melhor;
Ver no teu sorriso franco
O sol refletido em branco,
Como se fosse maior.


Mas também eu gostaria
Que esta noite fosse fria,
Só para ter-te melhor,
Nadarmos em grande estanco,
Atirar-nos dum barranco
Ver o sol nascer maior.


Ah, como eu gostaria
Que esta noite fosse dia,
Só para ver-te melhor.
Ver teu corpo dividido,
Pelas luzes definido
E por sombras ao redor.


Mas também eu gostaria
Que esta noite fosse fria,
Só para ter-te melhor.
Ter-te o corpo repetido,
De fatiga exaurido,
Com mais nada ao redor.


Rio de Janeiro, 16 de outubro de 2012.

 

Rivo Simões

 

Reflexão da informação, o sopro do tempo, poesia, poema, compostamente
Reflexão da informação, a voz dos cristais, poesia, poema, compostamente
compostamente,poesia,cavaleiro medieval, cavaleiro, mente poética,produção de textos