Mente crônica

"... elas sabem que tem flor pra todo mundo e que o jardim é grande"

19 de abril de 2016

 

BAILARINAS DO AR

 

por Rivo Simões

 

Elas têm muito a nos ensinar. Vivem harmonicamente umas com as outras, sem discriminação de qualquer natureza. Natureza é do que elas fazem parte e a sua natureza é bailar. De início, parecem meio estabanadas, mas é justamente na falta de sincronia que essas bailarinas se fazem perfeição. Educadas, esperam pacientemente a hora de se alimentar. As bailarinas do ar têm muito a nos ensinar. Não se importam se a preta ou a amarela já pousou na mesma flor, elas sabem que tem flor pra todo mundo e que o jardim é grande. Elas sabem que o valor da marrom está justamente na discrição, pois é assim que ela mantém os seus predadores longe de si. Elas sabem que o vento só está contra quem não abre as asas. Para quem as abre, ele é mero instrumento de planagem. Elas também sabem que, mesmo estando no alto, pode ter alguém as observando de mais alto ainda. Elas sabem que o céu é infinito e não querem provar o contrário. Não se preocupam em romper limites porque de limites elas não sabem nada. As borboletas... elas têm muito a nos ensinar.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • Instagram Social Icon

@compostamente

\compostamente