Mente poética

A EXPRESSÃO DE DEUS/TRISTEZAS E ALEGRIAS DE UMA RECUPERAÇÃO

10 de maio de 2016

 

A EXPRESSÃO DE DEUS

 

Antes do acidente eu estava de um jeito insuportável, pense bem:

um garotão de apenas 18 anos recém concluídos, com um

enorme sucesso em tudo o que havia feito até então.

Sinto que Deus com a mesma mão me deu tudo e me tomou.

Hoje mais maduro sinto que eu não estava preparado

para tanto sucesso, era metido, me sentia intocável e

carregava comigo uma eterna preocupação com a minha imagem,

carro com vidros pretos, e falava para todos os meus amigos:

“Não posso me expor”.

Vendo as coisas de forma mais fria não

Modificaria nada que fiz porque não me arrependo de nada.

Apenas daria mais valor aos meus reais amigos e menos aos que não me foram fiéis.

 

 

 

 

 

 

TRISTEZAS E ALEGRIAS DE UMA RECUPERAÇÃO

 

 

Ontem eu era um ator e cantor de sucesso. Hoje se é difícil falar, cantar nem pensar!

A voz, a matéria prima do meu trabalho se foi num bater de cabeça, num traumatismo craniano.

Faço um esforço concentrado para cantarolar numa oitava abaixo do tom quaisquer compassos que me são propostos.

Tudo é muito difícil mas ao mesmo tempo nada me parece impossível.

A cada dia minha força sempre prevalece. Há sempre uma pequena, mas significativa melhora.

É tudo lindo. Tudo é vida. A luz, o céu, o mar.

 

O MAR É O MAIS LINDO!

BERÇO DO MILAGRE DA VIDA!

 

Mas tudo também é maravilhoso!

O sol – se tem sol!

A chuva – se tem chuva!

Cada dia é uma graça de Deus. Como é bom respirar!

Como é bom comer! Sentir o paladar dos frutos e dos grãos da terra.

Como é bom tornar a beber a água ou beber novamente o leite da Vaca Sagrada.

Como é incrível estar vivo!